fbpx

Good Contents Are Everywhere, But Here, We Deliver The Best of The Best.Please Hold on!
Data is Loading...
  • Text Hover
Central de Cuidados Vermivet
Conheça as principais verminoses e zoonoses. Proteja o seu pet e toda a sua família.
> Verminoses!
Os vermes representam um grande perigo para a saúde dos cães e gatos, principalmente para os filhotes. Alguns vermes apresentam especial importância por serem agentes causadores de zoonoses, ou seja, prejudicam a saúde humana, principalmente a das crianças, que mantêm contato mais próximo com seus bichinhos de estimação.
  • Text Hover
> Zoonoses!
Parasitas também podem ser transmitidos para os seres humanos. Alguns desses vermes não são perigosos apenas para os cães e gatos, podendo ser transmitidos para os donos dos pets, especialmente para as crianças que têm contato direto com seus bichinhos de estimação e, por vezes, podem ingerir os parasitas ao tocar as fezes dos animais e colocar a mão na boca. São as chamadas zoonoses: doenças típicas de animais que podem atingir também os seres humanos.
  • Text Hover
- Conheça as principais verminoses -
  • Text Hover
> Ancylostoma caninum
Informações gerais: O Ancylostoma caninum é um endoparasito que se nutre de sangue e é encontrado principalmente no intestino delgado. No homem, a infecção fica limitada, na maioria dos casos, à via cutânea, conhecida cientificamente como larva migrans cutânea ou popularmente como “bicho-geográfico”. A sua distribuição é ampla nos trópicos e nas regiões temperadas quentes. Em regiões endêmicas, a infecção ocorre geralmente em cães com menos de um ano de idade e em animais mais velhos, devido a sua maior resistência. 

Sintomas:
Nos cães ocorre anemia hemorrágica grave ou crônica. A perda de sangue geralmente inicia-se poucos dias após a infecção, quando o parasita imaturo já desenvolveu a sua cápsula bucal. Cada parasita remove, geralmente, 0,1 ml de sangue por dia, sendo assim, em infecções mais graves, em que existem vários vermes, os cães rapidamente adquirem anemia profunda. Em animais adultos, é mais comum ocorrer anemias brandas, pois seu sistema imunológico já responde melhor à infecção. Nos casos de recidivas, podem ocorrer reações cutâneas. Nas infecções agudas, além da anemia, verificam-se também dificuldades respiratórias e cansaço. Nos animais em lactação, ocorre quase sempre, além da anemia, diarreia com sangue e muco. Nas infecções crônicas, o animal geralmente fica abaixo do peso, perde o apetite e ainda sofre com grande queda de pelos no corpo todo. Fezes escuras com aspecto de borra de café, por causa da presença do sangue, palidez nas mucosas e edemas também são outros sintomas. Os ancilóstomos sugam sangue durante todas as fases da sua vida e nem todo o sangue é digerido. A anemia não é causada só pela sucção do sangue, mas também pela hemorragia causada ao inocularem uma enzima proteolítica e uma substância anticoagulante. Por meio dos seus dentes, eles dilaceram a mucosa intestinal.
  • Text Hover
> Dirofilaria immitis
Informações gerais: A dirofilariose canina, popularmente conhecida como a doença do verme do coração, é uma doença parasitária cardiopulmonar causada pelo agente etiológico Dirofilaria immitis, um parasita nematoide que acomete cães domésticos e silvestres, considera- dos os hospedeiros naturais e principais reservatórios dessa parasitose, embora outros mamíferos, inclusive o homem, possam também ser infectados, sendo, portanto, classificada como zoonose. Possui distribuição mundial, sendo endêmica na maioria das zonas de clima tropical, subtropical e temperada, áreas estas favoráveis ao desenvolvimento dos hospedeiros intermediários.

Sintomas: 
Muitos cães, principalmente os recentemente infectados, são assintomáticos, sendo a doença diagnosticada apenas por um resultado positivo em testes sanguíneos de triagem de rotina. Os cães sintomáticos, o que indica um estágio avançado da doença, podem apresentar um histórico de tosse crônica, dispneia, taquipneia, síncope, fadiga, intolerância a exercícios, mucosas pálidas ou ictéricas, hemoptise, perda de peso, anorexia, trombocitopenia, ascite e insuficiência cardíaca congestiva direita, levando o animal à morte. Em sua forma aguda, principalmente na síndrome da veia cava, os animais infectados apresentam fraqueza, anorexia, depressão, tempo de preenchimento capilar prolongado, distensão ou pulsação da veia jugular, dispneia, hepatoesplenomegalia, hemoglobinemia, colapso e choque. A morte pode ocorrer poucas horas após o aparecimento das manifestações clínicas. Quando auscultados, sons pulmonares aumentados ou anormais (sibilos estertores), sopro de insuficiência tricúspide ou arritmias cardíacas são detectados. Doença arterial pulmonar grave e tromboembolismo podem estar associados a epistaxe, coagulação intravascular disseminada (CID), colapso, trombocitopenia e hemoglobinúria, sendo que esta última também é indicativa de síndrome da veia cava.
  • Text Hover
> Toxocara canis
Informações gerais: A toxocaríase é uma doença ocasionada pela infecção de cães pelo nematódeo Toxocara canis, que completa o seu ciclo biológico no intestino delgado desses animais. A enfermidade é uma importante zoonose, sendo considerada como a mais prevalente helmintíase humana em países industrializados. São descritos casos de cegueira unilateral e de outras formas inespecíficas de enfermidades em crianças; estas em idade entre dois e cinco anos são mais frequentemente infectadas. A convivência direta com cães não é indispensável para que ocorra a infecção, basta que se entre em contato com o solo contaminado com excremento de cães parasitados.

Sintomas:
 Nos cães geralmente as infecções são brandas, mas, dependendo da gravidade da infecção, podem levar à morte. Os sinais clínicos nos filhotes podem variar de acordo com as condições de higiene e carga infectante. O parasito compete por alimentos com seu hospedeiro definitivo, o que resulta em quadros de diarreia, flatulência, distensão abdominal, desidratação e retardo no desenvolvimento do animal. Nas infecções maciças, devido à lesão pulmonar, podem apresentar tosse, aumento da frequência respiratória e corrimento nasal espumoso, e a diminuição de aminoácidos pelo filhote pode ocasionar distúrbios neurológicos, como convulsões.
  • Text Hover
> Giárdia sp
Informações gerais: A giardíase é a infecção causada pelo protozoário flagelado do gênero Giardia. No homem, esse parasito vem sendo reconhecido por causar doença entérica, especialmente nos países em desenvolvimento. Em virtude de sua grande prevalência nas populações humana e animal, e da transmissão zoonótica, a giardíase é considerada um grave problema de saúde coletiva. Os cães desempenham um relevante papel como hospedeiros de protozoários gastrintestinais, o que propicia a contaminação ambiental e a possível disseminação de doenças por meio de contato direto, veiculação hídrica, pelos alimentos e outros materiais contaminados com suas fezes. O maior número de animais afetados está entre os animais jovens, menores de um ano, que convivem com outros doentes ou que possam ter acesso a água contaminada, dada a resistência e viabilidade desses parasitas em meios aquáticos.

Sintomas:
 A maioria das infecções por Giardia é assintomática. Os sinais clínicos são mais comuns em filhotes e animais imunossuprimidos. A diarreia é a manifestação mais comum e vem acompanhada de dor abdominal, podendo acontecer de forma aguda, crônica ou em surtos intercalados com defecação normal. As fezes são pastosas ou liquefeitas e malcheirosas, geralmente claras e acinzentadas, podendo conter muco. A diarreia é geralmente autolimitante, raramente apresenta sangue ou pus. Outros sinais clínicos são a síndrome de má absorção, que leva a emagrecimento, anorexia, distensão abdominal, flatulência, desnutrição, raquitismo e esteatorreia.
Conheça os danos causados pelos
parasitas à saúde dos pets.
Má digestão e absorção dos alimentos.
Pelos eriçados e sem brilho
Menor aproveitamento dos nutrientes.
Aumento de volume e dor abdominal.
Falta de apetite, perda de peso e fraqueza.
Vômitos e diarreia, anemia e até a morte.
Vermifugar é essencial.
Utilize nossas ferramentas para ficar sempre em dia com a proteção do seu pet.
Simulador de Doses
Lembrar-me SMS
Facebook
Instagram